Cachorros têm alergia na Primavera? Veja como prevenir!

Na semana passada falamos aqui no blog sobre as alergias que nós, humanos, temos durante a Primavera. Mas, será que os cães também podem sofrer com doenças causadas pela estação e ter alergia na Primavera?

A Primavera é a estação mais colorida do ano e, muito comumente, nós adoramos. Mas um em cada sete cães sofre de reações alérgicas nesta época. A variação climática típica da estação acaba ocasionando “alergia da primavera” em cães.

Estas alergias são resposta do sistema imunológico do animal à exposição a substâncias alergênicas. Quando partículas liberadas pelas plantas são inaladas, consequentemente os sintomas se manifestam.

Com tudo isso, várias partes do corpo do animal podem ser afetadas, como a pele, trato respiratório ou sistema digestivo. O desconforto é diferente em cada animal, mas existem alguns mais comuns quando falamos em alergias ao pólen.

Veja alguns sinais que os cães demonstram a alergia na Primavera:

  • Vermelhidão na pele: é o sintoma mais visível. Em casos extremos, o animal pode até perder pelos no local. O cão começa a lamber e morder com maior intensidade onde sente a coceira, além disso, tende a se esfregar em paredes ou objetos, na tentativa de aliviar esta sensação. Especialmente partes sensíveis são mais afetadas, como focinhos, axilas, orelhas e contornos dos olhos.
  • Ao ar livre: quando o animal tem alergia na Primavera, ele não vai gostar e ficará ansioso em momentos de contato com a natureza. Ter contato e cheirar arbustos e gramados pode ocasionar espirros e, como consequência, mudanças no comportamento. A exposição aos causadores da alergia deve ser minimizada.
  • Porém, quando levar o seu cãozinho para passear, não esqueça de limpar as almofadinhas das suas patas ao retornar. As ranhuras e dobras servem como abrigo para o pólen, portanto, a higiene destas áreas é uma forma relevante de prevenção.
  • Também é importante sacudir ou tirar os sapatos ao entrar. Além disso, o chão deve ser limpo, preferencialmente também com aspirador de pó, para manter o ambiente sem pó e pólen.

Os cães alérgicos, em sua maioria, mantêm a condição de alergia por toda a vida. Por esse motivo, manter a pele saudável é a maneira mais certeira de prevenir a doença. Pouco brilho, secura e enfraquecimento ou queda de pelos são sinais de doença, fique atento. Além disso, outros sinais como vermelhidão, escurecimento, inflamação e verrugas também merecem muita atenção. O apetite e humor também dão sinais de alerta! Cuidar bem da pele do animal minimiza efeitos dos alérgenos e microrganismos agentes da alergia.

Os animais também podem ter outras doenças durante esta estação, por exemplo conjuntivite, espirros, rouquidão, inchaço na garganta, entre outros problemas.

Acima de tudo, antes de oferecer qualquer medicamento ao seu animal, você deve levá-lo a um médico veterinário. Certamente este é o profissional capaz de orientar corretamente sobre quais as melhores formas de prevenção e tratamento.

Nós amamos e cuidamos de todos os pets! 🙂 Nosso blog tem uma editoria especial dedicada a eles, confira mais dicas e informações que selecionamos para você! Certamente o seu lar é mais feliz com um (ou mais!) pets, não é?!

Fonte: meusanimais.com.br

Compartilhe:

uniterras Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *