Aluguel de imóvel no litoral

Fim de ano chegou e o que todo mundo quer é apenas descansar e tirar da cabeça as “dores de cabeça” da rotina. Um dos destinos mais procurados em épocas de temporada são as praias. Calor, sol, mar, família, amigos… combinação perfeita! Então, para evitar estresses desnecessário é importante se atentar ao local de estadia, afinal antes de mais nada é importante manter a segurança da sua família e também evitar riscos de enganações financeiras. Trouxemos algumas dicas para auxiliar na sua escolha de imóvel.

 

Escolha um corretor de confiança

Um imóvel alugado por uma corretora tende a ser mais seguro. Para evitar dores de cabeça dê preferência a uma corretora já conhecida e/ou indicada. E claro, sempre é indispensável checar sobre a empresa.

 

Forma de pagamento: Fazer um acordo claro e objetivo.

Normalmente, metade do valor do aluguel é pago no ato da contratação e a outra metade na entrega das chaves. Em caso de desistência de qualquer uma das partes deve estar prevista uma multa no contrato.

 

Visite o imóvel antes de alugar

Nas férias tudo que não queremos são as surpresas desagradáveis, não é mesmo? Então Outro ponto importante é conhecer o estado do imóvel, se houver possibilidade é bom ir conhecer. Checar uso das áreas comuns, utensílios e todos os detalhes que possam auxiliar no seu conforto.

 

Analise fotos recentes

Hoje em dia é muito mais fácil descobrir locais, bastam alguns cliques que você está no local que procura. Se você não tem como ir visitar o imóvel, a internet pode auxiliar. O interessado deve solicitar fotos recentes do ambiente. É interessante dar pelo menos uma olhada na fachada e arredores pelo Google Maps, se esse serviço estiver disponível na cidade de destino.

 

Contrato é imprescindível

Não importa a quantidade de tempo é a locação, um contrato com todas as especificações é essencial. Neste documento devem constar as datas de entrada e saída do inquilino, o valor a ser pago, a forma de pagamento, eventuais multas no caso de atraso, depredação ou desistência de uma das partes, o número de pessoas que vão se hospedar e a descrição dos utensílios, eletrodomésticos e eletrônicos à disposição do locatário.

Acompanhe mais dicas em nosso blog.

Compartilhe:

uniterras Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *